Para driblar desemprego e pandemia, o brasileiro abre negócio na internet e e-commerce cresce 40% em 12 meses.

Se o e-commerce no Brasil já vinha crescendo nos últimos anos, em 2020 o movimento se tornava ainda mais expressivo. Com a pandemia, negócios migraram suas operações para o universo digital e muitos brasileiros viram nas vendas online a saída para driblar a crise e o desemprego. Como resultado, o comércio eletrônico Ler mais…